Após lira derreter 34%, Turquia prepara projeto de lei sobre criptomoedas

Após lira derreter 34%, Turquia prepara projeto de lei sobre criptomoedas

[ad_1]

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, disse em entrevista coletiva na sexta-feira (24) que o projeto de lei que regula o mercado de criptomoedas será enviado em breve para o parlamento do país.

“Nós vamos dar um passo adiante e enviar [o projeto] para o parlamento”, disse Erdoğan. Embora o presidente não tenha revelado muitos detalhes desta vez, em setembro ele disse que o governo “não absolutamente nenhuma intenção de aderir às criptomoedas”.

Erdoğan disse na ocasião que o país iria “segui adiante com a própria moeda que tem sua própria identidade”.

QUER RECEBER NOSSOS ARTIGOS PRIMEIRO?

* Campos Obrigatórios

Apesar das palavras duras, não há expectativa de que ocorra um banimento das criptomoedas.

O ministro do Tesouro e Finanças Lütfi Elvan estabeleceu uma regra em maio, um mês após duas exchanges turcas, Thodex e Vebitcoin, terem desaparecido da noite para o dia. Os cliente dessas empresas perderam o acesso aos seus fundos, em uma estimativa que vaia entre centenas de milhões de dólares e bilhões.

O advogado Mertcan Bayraktar, que representa parte das vítimas da Thodex, disse ao portal Decrypt que não espera que o escândalo envolvendo as exchanges dê o tom para a formulação da lei sobre criptomoedas. Ele acredita que a lei irá ter ênfase na tributação e na formulação legal de exchanges, como, por exemplo, se devem ser consideras bancos ou casas de câmbio.

O status das exchanges importa pois turcos estão cada vez mais usando essas empresas para vender a lira turca em troca de stablecoins pareadas ao dólar americano, afirma o advogado.

A lira turca desvalorizou 34% frente ao dólar neste ano.

“Embora pessoas mais elhas na Turquia usem bancos para comprar dólares, exchanges de cripto são altamente populares para pessoas abaixo dos 40. Essa parcela da população usas as corretoras cripto online como uma alternativa mais conveniente aos bancos tradicionais”, afirma Bayraktar.

Exchanges de criptomoedas estão abertas 24/7 e oferecem melhores taxas que bancos quando se trata de moedas estrangeiras, explica o advogado.

Mas o governo turco quer que a população invista na lira. Nesta semana lançou um programa de poupança que é indexado ao dólar americano. Com isso, espera que as encoraje para voltar das posições em dólar e passem e poupar liras.

“Cripto adicionou outra batalha para o governo turco. Sempre houve as alternativas de moeda fiat para a lira turca, e agora existem as opções atreladas em stablecoin, somada ao Bitcoin e as altcoins”.

Agora, o governo deve convencer a população que o dinheiro do país tem valor.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.





[ad_2]

Fonte da Notícia

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.