X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

DMB TECNOLOGIA - Seu portal de Notícias sobre Tecnologia, Games Online

MENU

Google confirma encerramento da rede social Google+ para o dia 2 de abril

Google confirma encerramento da rede social Google+ para o dia 2 de abril
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Wathsapp
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Decisão de fechar a plataforma aconteceu após uma falha que expôs dados de 52,5 milhões de usuários.

O Google anunciou nesta quinta-feira (1°) que irá encerrar a rede social no Google+ ocorrerá no dia 2 de abril de 2019. É o fim oficial de um projeto que nasceu com o objetivo de competir com o Facebook, mas que nunca chegou a se consolidar entre os internautas.
A empresa, que já anunciou sua intenção de fechar a plataforma no ano passado, tinha indicado que isso aconteceria em abril, mas ainda não havia definido uma data específica.
 

 

Em novembro do ano passado, os funcionários do Google detectaram uma falha de segurança que expôs informações privadas de 52,5 milhões de usuários da Internet, contribuindo para precipitar a decisão de encerrar a rede social. Outra falha já havia sido descoberta antes.
Os dados pessoais dos usuários que ficaram expostos foram nomes, endereços de e-mail, profissão e idade.
A plataforma esteve vulnerável entre o dia 7 de novembro — data em que o Google lançou uma atualização de software responsável pela falha — e o dia 13 do mesmo mês, seis dias depois, quando a empresa encontrou o erro e o corrigiu.
A companhia disse que não estava ciente de que roubos de informações por terceiros haviam ocorrido durante esse período.

O Google+ é visto como um dos maiores fracassos da empresa. Pessoas que criam um endereço no Gmail são inscritas automaticamente na rede, mas ela tem poucos usuários ativos em comparação com o Facebook, com quem tentou rivalizar.
A falha que expos as contas ocorreu de 2015 até março deste ano, quando foi descoberta e solucionada. A gigante da tecnologia disse que não se pode ter certeza de quais perfis foram atingidos, nem sua localização.
 

Dados expostos
 
Os principais dados expostos foram nomes dos proprietários das 500 mil contas, endereço de e-mail, profissão, gênero e idade. Segundo o Google, dados publicados pelos usuários, assim como mensagens, informação da conta e números de telefone não foram vistos ou consultados.
Além de meio milhão de contas, até 438 aplicativos foram afetados por essa falha descoberta durante uma auditoria interna. De acordo com a empresa, os desenvolvedores de aplicativos desconheciam a falha e, portanto, não usaram os dados expostos.
 

"Não encontramos evidência de que os dados tenham sido usados de maneira inadequada".
 
A rede social Google+ conta com milhões de usuários e é utilizada, principalmente, por profissionais que estão interessados em temas específicos e podem ver as atualizações de seus contatos por meio dos "círculos".
Os círculos são grupos de contatos criados pelo usuário de acordo com os critérios de sua escolha: interesses, categorias de clientes, relações etc., e dentro dos quais se pode decidir o conteúdo que irá compartilhar.

 

Fonte: G1

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Wathsapp
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter