BTG Pactual lança plataforma de criptomoedas

BTG Pactual lança plataforma de criptomoedas
Curso Código Milinário

O BTG Pactual se tornou o primeiro banco ao oferecer a negociação direta de criptomoedas no Brasil.

Patrocinados
Patrocinados

Considerado o maior banco de investimentos da América Latina, o BTG Pactual anunciou nesta segunda-feira (20) o lançamento da Mynt, nova plataforma que permite que seus clientes realizem negociação direta de ativos cripto.

BTG anuncia a Mynt

Prevista para estrear no quarto trimestre deste ano, a Mynt oferecerá inicialmente a negociação de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), os dois maiores ativos cripto em valor de mercado da atualidade.

Porém, segundo o head de Digtal Assets do banco, André Portilho, outras criptomoedas serão incluídas ao longo do tempo. Ele também destaca que a plataforma terá uma série de conteúdos educacionais, afim de introduzirem e deixarem os clientes mais familiarizados com essa classe de ativos.

Portilho também destacou que, devido ao fato de o BTG ser uma instituição regulado pelo Banco Central do Brasil e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Mynt passaria a ser uma opção mais segura para investidores que desejam ter exposição ao mercado cripto.

BTG Pactual e o mundo cripto

Esse não é o primeiro passo que o BTG dá em relação ao mercado de criptomoedas. A instituição foi o primeiro banco do país a oferecer um fundo de investimentos em BTC.

Além disso, ele disponibiliza para os seus usuários exposição a fundos negociados em bolsa (ETFs) que possuem ativos cripto – opção que também foi aderida por outras instituições financeiras como C6 Bank e Itaú.

Outro grande marco do BTG em relação ao mundo cripto foi o ReitBZ, primeiro security token emitido por um banco no mundo. O ativo representa cotas de um fundo de imóveis e segundo Portilho, ele gerou o aprendizado que a instituição precisava para descobrir o potencial que as criptomoedas possuem.

Isenção de responsabilidade


Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.








Fonte da Notícia