Caixa Econômica segue Banco do Brasil e pede conhecimento em Bitcoin em concurso público

Curso Código Milinário

A Caixa Econômica Federal incluiu conhecimentos em blockchain, bitcoin e criptomoedas em seu novo concurso para Técnico Bancário, exclusivo para a formação de cadastro de reserva para pessoas com deficiência (PcD). Segundo edital publicado na quinta-feira (09) no Diário Oficial da União, as vagas são destinadas ao polo Distrito Federal (DF).

Segundo o edital são 1.100 vagas, sendo 100 destinadas para cadastro de reserva. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 27/9. Os conhecimentos sobre o mercado cripto que podem ser cobrados no dia da prova estão no quesito “Conhecimentos bancários”. Conhecimentos gerais em mercado financeiro, língua portuguesa, inglês e matemática também são exigidos.

Do mesmo modo que a Caixa, em junho, na abertura do seu último processo seletivo, o Banco do Brasil também exigiu os mesmos conhecimentos relacionados ao mercado de criptomoedas e tecnologia blockchain. As provas do concurso para Escriturário do BB acontecem no dia 26 de setembro; as provas da Caixa, em 31 de outubro. Ambos processos seletivos são organizados pela Fundação Cesgranrio.

Concurso da Caixa Econômica

De acordo com a descrição da vaga, o Técnico Bancário Novo da Caixa terá como missão a execução de várias atividades bancárias, como comercialização de produtos e serviços, prestação de atendimento, realização de negócios e atividades administrativas. Dentre suas principais atribuições, estão o atendimento ao público, oferta de produtos e serviços, autenticidade de documentos, assinaturas e impressões digitais, além de outras atividades inerentes ao cargo.

Os aprovados para Técnico Bancário, se passarem por todas as fases e forem contratados, vão receber um salário de R$ 3 mil mensais mais benefícios, que segundo o edital são:

“Participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e do acordo sindical vigente, plano de saúde, plano de Previdência Complementar, auxílio Refeição/Alimentação, vale transporte, auxílio creche, possibilidade de ascensão profissional, acesso a ações de capacitação e desenvolvimento”.

A jornada de trabalho será de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais.







Fonte da Notícia