CEO da Binance volta a afirmar que empresa não tem sede

Changpeng “CZ” Zhao, CEO da gigantesca bolsa de criptomoedas Binance, ainda insiste que sua empresa não tem sede. Sua explicação veio durante uma entrevista com o editor-chefe do Decrypt, Daniel Roberts, durante o Ethereal Virtual Summit deste ano.

“A definição de cada um sobre a sede de uma empresa é um pouco diferente”, disse CZ. “Quando você pergunta como define uma sede – é um escritório onde as pessoas se sentam? Trabalhei em casa nos últimos três anos e meio. Nossa equipe de liderança não está sentada em um escritório, não temos um lugar claro para onde possamos ir, pelas definições normais da maioria das pessoas de uma sede que podemos chamar de sede. Portanto, quando as pessoas me perguntam, não quero dar uma resposta errada apenas para satisfazer sua definição. “

Claro, não há controvérsia sobre a definição da sede de uma empresa. A sede de uma empresa são os seus escritórios comerciais principais, normalmente registrados legalmente como o endereço de onde a empresa é administrada.

CZ acrescentou que, quando as pessoas pensam sobre sua ideia tradicional de empresa, “elas pensam em uma sede, um escritório, uma conta bancária, um registro etc. Mas hoje você pode administrar organizações provavelmente com nenhum desses. ”

O mercado há muito tempo está curioso para saber onde está a sede da Binance, porque isso forneceria uma janela para o status regulatório da empresa – um assunto que, até o momento, permanece obscuro.

História regulatória da Binance

O exchange teve um relacionamento desafiador com os reguladores em sua história. Em 2017, Binance deixou a China, abrindo um escritório no Japão e em Taiwan, antes de ir para Malta – uma jurisdição bem conhecida por suas regulamentações frouxas.

Mas no ano passado, Malta esclareceu que a Binance não tem licença para operar no país. Cinco meses depois, a Comissão de Valores Mobiliários da Malásia alegou que Binance estava operando ilegalmente no país. Na época, a equipe de suporte da Binance disse ao Decrypt que as operações da Binance estavam funcionando bem na Malásia.

Em 2017, o mesmo ano em que a Binance deixou a China, empresa registrou a Binance Holdings Limited em Georgetown, nas Ilhas Cayman. Um documento de vínculo corporativo visto anteriormente pelo Decrypt mostra as Ilhas Cayman como a sede da Binance. Além do mais, Binance já havia usado esse endereço para registrar várias marcas comerciais do nome e logotipo da Binance.

Em 2019, a Binance também registrou a Binance Investments Company nas ilhas Seychelles.

Hoje, a Binance US – braço da binance registrado em vários estados americanos – está no meio de um confronto com a US Commodity Trading Futures Commission (CTFC). O CTFC lançou uma investigação sobre a Binance por supostamente permitir que traders americanos realizassem transações que violam as regulamentações existentes nos Estados Unidos. Quando o Decrypt pediu a CZ para comentar sobre esta investigação no mês passado, ele recusou.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co







Fonte da Notícia