Concurso público da Serpro exige conhecimento em blockchain; salário é de R$ 7,6 mil

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa pública de tecnologia da informação do Governo Federal, abriu concurso público para preencher 165 vagas temporárias de analisas — são 147 postos para especialistas em desenvolvimento de sistemas e 18 para especialistas em ciência de dados.

De acordo com o edital, publicado nesta terça-feira (6) no Diário Oficial da União, os candidatos para a área de desenvolvimento de sistemas precisam ter conhecimentos em tecnologias de registro distribuído, e isso será cobrado na prova específica para o cargo.

É necessário entender de blockchain e smart contracts, arquitetura e desenvolvimento em nuvem, inteligência artificial, business intelligence, big data, data warehouse, ferramentas ETL e OLAP, georreferenciamento, geoprocessamento, IaC (infrastructure as code) e IoT (internet of things), além de outros temas.

Podem participar do concurso pessoas formadas em áreas de tecnologia da informação ou com algum curso de pós-graduação em tecnologia da informação ou ciência de dados.

Inscrições e remuneração

As inscrições para o concurso público podem ser feitas entre esta quarta-feira (7) e o dia 26 abril no site Cebraspe, empresa organizadora da disputa.

A remuneração, ainda segundo o edital, é de R$ 6.626,41 mais R$ 993 de gratificações, o que soma R$ 7.620,37. A jornada de trabalho será de 40 horas.

Entre os benefícios oferecidos pela empresa pública estão planos de saúde e odontológico; auxílio-creche e a filho com deficiência; previdência complementar e auxílio-transporte.

O contrato de trabalho é de um ano duração e pode ser prorrogável pelo mesmo período. As vagas são para Brasília, São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro.







Fonte da Notícia