Day trader brasileiro que perdeu R$ 200 mil ao vivo, perde de novo e para de mostrar resultados

Na quinta-feira (25), o day trader Sheriffao Trader, dono de um canal no YouTube com o mesmo nome, perdeu R$ 218 mil operando ao vivo na Bolsa de Valores. No dia seguinte, ao tentar recuperar o valor, ele teve prejuízo de mais R$ 40 mil.

Por causa das perdas, nas transmissões ao vivo feitas nesta semana Sheriffao parou de exibir os resultados diários de suas operações.

“Era um canal bem animado, mas só mostrar quando tem gain (ganho) é sacanagem”, comentou um usuário chamado Alex.

Em vídeo publicado na segunda-feira (1), o trader disse que, após assistir várias vezes o replay das operações que geraram prejuízo, ele conseguiu identificar o “tamanho da displicência dele”.

Em resumo, Sheriffao disse que não levou em consideração o stop ATR, um indicador técnico (usado por traders) que sinaliza o nível de volatilidade de um ativo. “Se eu tivesse respeitado ele, não teria acontecida nada disso (perdas)”, disse.

Na semana passada, ele também colocou a culpa na economia brasileira:

“Disseram que o presidente Jair Bolsonaro falou um negócio aí e a Petrobras despencou 10% quando eu vi. Além disso, o Banco Central também atuou no dólar. Foi muita coisa ruim alinhada para aquilo (perda) acontecer. Foi um dia completamente complicadíssimo”, disse.

Anonimato

O Portal do Bitcoin entrou em contato com o trader por email no domingo (28). Na resposta, ele disse que toparia conversar com a reportagem, desde que fosse de forma anônima. No entanto, ele não respondeu mais as mensagens.

Sheriffao não informa nome real em suas redes sociais. Ele diz que faz isso a pedido da família e porque mexe com grandes quantias de dinheiro.

O trader afirma que não vende cursos ou mentorias. No entanto, ele cobra de R$ 7,99 a R$ 99,99 por mês daqueles que desejam virar fãs de seu do canal, que já tem mais de 10 mil inscritos. Aos membros, ele afirma oferecer vídeos e transmissões ao vivo exclusivas.

Trader perdeu R$ 75 mil em janeiro

Sheriffao já perdeu dinheiro antes. No dia 28 de janeiro, ele teve um prejuízo de R$ 75 mil ao operar minicontratos ao vivo na Bolsa de Valores. Na época, ele colocou a culpa na instabilidade do mercado.

De acordo com pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), 54% dos day traders experientes perdem grana com mini-índice e mini-dólar.

Entre os que conseguem ganhar algo, apenas 5% têm lucro bruto mensal médio acima de R$ 10 mil e apenas 2% mais do que R$ 20 mil

Veja o vídeo a partir dos das 11h48:







Fonte da Notícia