Facebook coloca player de Spotify dentro do app para Android e iPhone | Aplicativos e Software


O Spotify anunciou nesta segunda-feira (26) uma parceria com o Facebook para exibir uma espécie de pequenino player dentro da rede social, capaz de reproduzir uma canção ou episódio de podcast até mesmo quando o usuário está rolando pela timeline. O objetivo da empresa de streaming é permitir que o compartilhamento de músicas não obrigue a troca de apps.

Facebook exibe pequeno player do Spotify (Imagem: divulgação/Spotify)

A novidade funciona assim: sempre que uma canção ou episódio de podcast for compartilhado dentro de um link do Spotify no Facebook, o player embedado na rede social reproduz todo o conteúdo, não mais apenas um pequeno trecho de aproximadamente 30 segundos.

A experiência vale apenas para quando todo esse processo é feito completamente no aplicativo do Facebook para Android e iPhone, iPod Touch ou iPad. O Spotify afirma que se o usuário do serviço de streaming for assinante, a reprodução acontece sem qualquer pausa e o conteúdo é tocado na íntegra. Já para quem não paga algum plano Premium, uma propaganda pode e geralmente vai aparecer.

Além de tocar toda música ou podcast, o recurso permite que a reprodução do Spotify dentro do aplicativo do Facebook aconteça mesmo quando o usuário já está rolando a timeline, distante do post de onde sai o som.

Spotify usa o próprio app para tocar no Facebook

Para permitir que isso ocorra desta forma, o Facebook abre uma parte do aplicativo do Spotify dentro da própria rede social. Desta forma a música ou podcast toca a partir do app para este fim, não a partir de um navegador ou outra parte da empresa de Mark Zuckerberg. Também é assim que a integração entre ambos os lados consegue saber se quem escuta é ou não assinante de um plano Premium.

Isso significa que para ter essa experiência completa, o usuário também precisa ter o aplicativo do Spotify instalado onde o Facebook está rodando naquele momento. Não só presente, mas com o login feito.

O Facebook já reproduzia conteúdo do Spotify sem a necessidade de trocar de aplicativo, mas apenas com um trecho da música. O novo acordo aumenta a proximidade das duas companhias e é benéfico para os dois lados. Enquanto o streaming de músicas ganha mais exposição dentro da maior rede social do mundo, a empresa de Mark Zuckerberg ganha um usuário que não precisa sair de seu app para escutar a música inteira – quanto mais ele fica navegando, mais publicidade recebe e mais dinheiro faz o Facebook.

Segundo o Spotify, a integração entre ambos aplicativos vai chegar para todos os usuários aos poucos, desde que o acesso ocorra a partir de um destes países:

  • África do Sul
  • Argentina
  • Austrália
  • Bolívia
  • Brasil
  • Canadá
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Equador
  • El Salvador
  • Estados Unidos
  • Guatemala
  • Honduras
  • Indonésia
  • Israel
  • Japão
  • Malásia
  • México
  • Nova Zelândia
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Tailândia
  • Uruguai

Com informações: Spotify.



Fonte Notícia