Facebook quer colocar reconhecimento facial em óculos inteligentes | Gadgets


O Facebook vem trabalhando no desenvolvimento de seus óculos inteligentes e, além de realidade aumentada, estaria cogitando a inclusão de reconhecimento facial no dispositivo – mas a adoção do recurso pode ser bastante complicada. De acordo com o BuzzFeed News, a empresa está estudando minuciosamente as implicações legais que envolvem a tecnologia para evitar problemas com questões de privacidade.

Óculos inteligentes do Facebook podem ter reconhecimento facial (Imagem: Divulgação)

Segundo Andrew Bosworth, vice-presidente de realidade aumentada e virtual do Facebook, “o reconhecimento facial é um tópico extremamente controverso, e por boas razões”. O executivo explicou, durante reunião interna na última quinta-feira (25), que a empresa “ainda não sabe como equilibrar” os riscos e benefícios desse recurso.

Um funcionário não identificado levantou um dos principais danos potenciais da tecnologia: a possibilidade de lidar com stalkers, e questionou como respeitar o anonimato de outras pessoas que não estão dispostas a compartilhar dados com o Facebook. A empresa tem muitos receios, especialmente por já ter enfrentado escândalos envolvendo coleta indevida de informações.

Possíveis aplicações do reconhecimento facial

No Twitter, Bosworth reconheceu que o reconhecimento facial teria aplicações interessantes, e citou algumas circunstâncias possíveis. Com o recurso, os usuários conseguiriam, por exemplo, identificar o nome de uma pessoa ao olhar para ela, evitando o constrangimento de dizer que havia esquecido. A função também poderia ajudar pessoas com uma condição de saúde específica que impede a identificação de rostos conhecidos.

No entanto, de acordo com o executivo, a legislação pode barrar esse tipo de uso da tecnologia – o que Andrew Bosworth lamenta: “oportunidades perdidas”.

Ainda assim, os óculos inteligentes estão realmente a caminho, com ou sem reconhecimento facial. Em setembro, Mark Zuckerberg revelou que a parceria do Facebook com a empresa que controla a marca Ray-Ban, apesar de não detalhar mais o projeto. A expectativa é de que o produto seja anunciado até o final de 2021.

Com informações: BuzzFeed News



Fonte Notícia