Huawei Mate X2 4G começa a ser vendido com HarmonyOS 2.0

Huawei Mate X2 4G começa a ser vendido com HarmonyOS 2.0

[ad_1]

A Huawei oficializou o seu dispositivo dobrável Mate X2 em fevereiro desse ano, sendo um dos principais smartphones híbridos do mercado, sendo uma mistura entre celular e tablet, e que ainda tem a missão de rivalizar, por exemplo, com o Galaxy Z Fold 2, da Samsung. Na época, ele foi lançado como um produto pronto para a conexão de internet móvel de quinta geração, o 5G.

Agora, a fabricante chinesa oficializou uma variante dele no mercado chinês que tem apenas suporte a 4G, que faz sentido quando se leva em consideração o banimento do governo dos Estados Unidos à empresa relacionada ao 5G. Em relação ao dispositivo original, apesar da troca de rede, nenhuma outra característica técnica ou visual do híbrido foi modificada.

(Imagem: Divulgação/Huawei)

Porém, o sistema operacional agora é o HarmonyOS 2.0, lançado pela Huawei recentemente como resposta ao Android e iOS. O aparelho em sua versão original, com rede 5G, chegou ao mercado com o sistema Android 10 de fábrica.

QUER RECEBER NOSSOS ARTIGOS PRIMEIRO?

* Campos Obrigatórios

Vale dizer que o Mate X2 não é o único produto da empresa chinesa a ganhar uma repaginada, trocando o suporte a rede de quinta geração pela quarta. Modelos como o Huawei Mate 40 Pro, Mate 40E e Nova 8 Pro foram modificados para ter apenas o 4G e já conta com o HarmonyOS 2.0 de fábrica, que chegaram às lojas há alguns dias.

Com a saída da rede 5G, o modelo com 4G acabou ganhando um pequeno corte no seu preço oficial. Ao invés dos originais 17.800 yuan, cerca de R$ 17.730 na conversão direta, ele passou para 17.500 yuan, que se converte em R$ 13.500. Ambos os valores não levam em consideração os impostos nacionais. Os interessados já podem adquirir o aparelho, mas a entrega acontecerá apenas em 11 de julho.

Fonte: VMall, GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

[ad_2]

Fonte Notícia