Jornalista esportivo Roberto Petri morre aos 85 anos – Entretenimento

Jornalista esportivo Roberto Petri morre aos 85 anos – Entretenimento
Curso Código Milinário



O jornalista esportivo Roberto Petri morreu neste domingo (19) aos 85 anos. Após sofrer dois AVCs, ele vivia numa clínica de repouso em São Paulo e estava muito debilitado por também sofrer com infecção urinária. O premiado inventor do “Dente de Leite” ajudou na revelação de muitos jogadores no futebol brasileiro.


“Morreu há pouco meu querido amigo e padrinho, Roberto Petri. Ele mudou minha vida e de muita gente, abrindo portas na imprensa. Leva este crédito para o céu. #luto”, informou a morte o também jornalista Flávio Prado.


Por causa da morte do jornalista, que era são-paulino, um minuto de silêncio foi prestado antes do confronto entre São Paulo e Atlético-GO no Morumbi, pelo Brasileirão. Muitos jornalistas fizeram homenagens a Petri, um ícone esportivo e referência para muitos. Dentro os quais, o apresentador Milton Neves.


“E morreu Roberto Petri, ícone da crônica esportiva do Brasil. Polêmico, são-paulino, cronista raiz, correto, mordaz, brilhante e defensor do futebol argentino, Petri criou com Ely Coimbra o épico Dente de Leite que revelou tantos craques! Nossos sentimentos!”



Petri, ao lado do amigo e também já falecido Eli Coimbra, inventou o “Dente de Leite” nos anos 70, um torneio para a revelação de jovens e que ainda virou nome de bola de futebol. O torneio marcou época nas transmissões da TV Tupi nas manhãs de domingo.


Experiente e premiado jornalista, Roberto Petri brilhou na TV, no rádio, em jornais e revistas com sua elegância em falar sobre o mundo da bola e por conhecer como poucos o futebol argentino. Foi ele quem criou a primeira mesa redonda para debates, há mais de 50 anos. O programa que faz sucesso até hoje na TV Gazeta, tinha Milton Peruzzi, José Italiano, Peirão de Castro, Dalmo essoa e ele.


Roberto Petri nasceu na capital paulista e jamais escondeu seu amor frenético pelo futebol. Começou a carreira na Rádio Bandeirantes, antes de ir para a TV Tupi. Passou pelas rádios Difusora e Excelsior, atualmente CBN, na Joven Pan, na TV Cultura e Gazeta, CBI, ESPN Brasil e nos jornais Última Hora, Diário da Noite, Diário de São Paulo, Mundo Esportivo, Popular da Tarde, Jornal Equipe e na Revista Player.








Fonte da Notícia