Paypal estuda lançar stablecoin, diz The Block

O gigante de pagamentos PayPal pode estar planejando lançar a sua própria stablecoin em breve. A informação foi revelada pelo portal The Block, um dos mais importantes do mercado. O site disse ter conversado com quatro pessoas próximas ao projeto que pediram anonimato.

O PayPal supostamente realizou encontros com desenvolvedores das principais stablecoin da indústria. Isso indica que criptomoeda será criada através de uma empresa terceirizada ou com base em algum projeto já existente.

Entre os participantes do mercado que teriam dialogado com o PayPal está a Ava Labs, companhia que desenvolveu a blockchain Avalanche e o token AVAX.

“Parece que eles são mais propensos a fazer algo com um parceiro de stablecoin existente, em vez de construir algo eles mesmos. Isso levaria algo ao mercado mais rápido, e essa é a principal preocupação deles”, disse uma fonte anônima ao The Block.

O portal também conversou com um porta-voz do Paypal que afirmou que a empresa “continua explorando o potencial das moedas digitais, da infraestrutura de serviços financeiros digitais e como podemos aprimorar o comércio digital como um parceiro confiável no espaço”.

O representante disse que o PayPal realiza conversas frequentes sobre “tecnologias que viabilizam esses objetivos”, mas que “rumores e especulações não são preditivos dos planos futuros da empresa”. 

Criptomoedas na mira do PayPal

O PayPal se mostra aberto ao setor cripto desde o novembro do ano passado, quando permitiu que seus usuários comprassem bitcoin e outras criptomoedas diretamente da plataforma.

Desde então, a empresa segue criando novos projetos que ajudam a levar os ativos digitais ao mainstream. No final de março, o CEO do Paypal, Dan Schulman, confirmou que a companhia está desenvolvendo o “Checkout With Crypto”, um novo serviço que permitirá que comerciantes dos Estados Unidos aceitem criptomoedas como forma de pagamento.

Ainda não está claro se a suposta stablecoin do PayPal tem alguma relação com a novidade prevista para ser lançada nos próximos meses.

Apesar disso, o uso de stablecoin para simplificar os pagamentos com criptomoedas já vem sendo testado por outras companhias tradicionais do mercado. 

A Visa, por exemplo, começou a usar o USD Coin, ativo lastreado ao dólar americano, para liquidar transações em sua rede de pagamentos. Por enquanto, a opção está disponível apenas para os cartões da Crypto.com, mas a empresa deixou claro que a ideia é ampliar o serviço para outros parceiros.

A estratégia de incorporar a stablecoin nesse tipo de pagamento elimina a necessidade de converter moedas digitais em dinheiro tradicional antes de toda transação.







Fonte da Notícia