Quais empresas mais lucraram no 1T21? Resumo dos Resultados

A temporada de publicações dos resultados do primeiro trimestre de 2021 já completou a sua primeira semana.

Nesse período, quase 30 companhias listadas no principal segmento da Bolsa revelaram os seus desempenhos nesse início do ano.

Em resumo, parte das companhias ainda sentem impactos decorrentes da pandemia, que já dura mais de um ano. 

Por outro lado, outras empresas já se mostram mais resilientes e entregam avanços em seus resultados no 1T21. Vamos acompanhar alguns casos.

Resultados recentes: destaques

A princípio, entre os destaques positivos podemos citar os resultados das companhias Vale e Usiminas, ambas expostas ao preço de patamar elevado das commodities e grande demanda da China no cenário atual.

De acordo com o relatório da Vale (VALE3), a mineradora teve um lucro de US$ 5,546 bilhões, ou seja, um crescimento de impressionantes 2.220%.

No caso da Usiminas (USIM5), por sua vez, houve registro de um lucro de R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre. Sendo assim, a companhia reverteu o prejuízo de um ano antes.

Também vale a pena mencionar duas das empresas da holding Simpar: a Movida e o Grupo Vamos.

Sobre a Movida (MOVI3), o seu lucro líquido ajustado chegou em R$ 109,5 milhões, significando uma alta de 98% sobre o mesmo trimestre do ano anterior.

Enquanto isso, o Grupo Vamos (VAMO3) viu seu lucro aumentar em 100% na mesma base comparativa, alcançando o total de R$ 73 milhões no 1T21.

Em conclusão, vimos na primeira semana o desempenho do Banco Santander (SANB11). Embora o crescimento tenha sido de 4,1% no último trimestre, o valor total do lucro atingiu R$ 4 bilhões no período. Dessa forma, o número foi o maior resultado trimestral da instituição financeira no Brasil desde 2010.

Calendário de Resultados 1T21: próximas datas

Para esta semana, há a previsão de mais de 50 empresas divulgando os seus respectivos resultados entre os meses de janeiro e março de 2021.

Para não perder nenhuma data importante, já existem calendários completos com todas as datas informadas pelas companhias sobre esse tema, como no caso do Guia do Investidor. Basta acessar o calendário 1T21 para descobrir a agenda completa e ainda os resumos dos desempenhos já divulgados.







Fonte da Notícia